quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

EM CONVERSA DE OCASIÃO...

OLHEM O QUE O DR. MANEL DA LUZ DISSE


“Manuel da Luz quer, por isso, “intervir”, revelando estar “empenhado em constituir um fórum que reúna os empresários e os principais agentes do turismo para discutir a actual conjuntura económica e traçar planos de intervenção, tendentes a minimizar os efeitos nefastos que poderão afectar o ano turístico de 2009 de
A reunião vai ter lugar na segunda quinzena de Fevereiro“.
Pois é!
Amanhã já é dia 27 e quanto á marcação da tal reunião, é mais uma que se esfumou. Já estamos habituados a esta colagem e á captação de sensibilidades de momento, agora, no terreno, a trabalhar para o habitante de Portimão, é que é mais difícil.
As pessoas já há muito que estão fartas dessas promessas em vão…basta, chega…basta desta fantochada.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

CRÓNICAS DOS DIAS QUE PASSARAM

Pode parecer brincadeira
Mas é pura realidade
A vida passa-nos cada rasteira
Ao sabermos a verdade

Vejam lá o que descobri
Numa conversa informal
Nem imaginam o que senti
…Quase foi um choque frontal

Tão ilustre cidadão
Em Alvor a morar
Alistou-se por impulsão
Na Frente Socialista Popular

Manuel Serra seu mentor
E sentindo uma oportunidade
Nas guelras o sangue de Alvor
Não era impeditivo a idade
""
Até uma “Sede” foi pilhada
Uma ocupação forçada
Porta abaixo com fervor
Deixem entrar o filho de Alvor

Papelaria Algarve e em seu redor
Tinha a alcunha do “maior”
Tudo para bem de Portimão
E nunca esquecendo a “Nação”

Num período mais avançado
E com o soalho estragado
Uma nova Sede era encontrada
Há muito abandonada

Qual a porta para derrubar?
- É ali que vamos entrar!
Igreja do Colégio encostada
A uma Misericórdia abandonada

As Legislativas como missão
E tudo para bem de Portimão
Fez-se aos votos empolgado
Para um bom resultado

Dois virgula um, colhido
Mas sempre muito decidido
Ao PS foi-se encostar
Para um dia Portimão governar

Foi assim a história de uma revolução
Sem cravos , mas com muita razão
Mas com forte mentalidade
Que é própria da idade

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

ERAM MAIS DE MIL...


Uma dádiva do menino Carlinhos, fazendo uma previsão para o dia 6 de Março



ERAM MAIS DE MIL


Em 2005...

Eram mais de mil a ouvir
Eram mais de mil a escutar
Foram mais de mil a sentir
Foram mais de mil a ganhar


Eram mais de mil enganados
Eram mais de mil sem razão
Foram mais de mil calados
Foram mais de mil de Portimão


Actual…


Talvez milhões prejudicados
Talvez biliões enganados
O que o homem prometeu fazer
Para pôr Portimão a crescer


A sua obra não é reconhecida
Pois não poderá ser esquecida
Tudo isto tem uma certa razão
Para quem habita em Portimão


No dia 6 de Março…

No dia seis há outro jantar
Vamos ver quem lá vai estar
Vão ser menos de mil a comer
E muitas mentiras para dizer


Menos de mil irão escutar
Que Portimão irá mudar
Que a câmara está abastada
E o que dizem... não é nada


Menos de mil escutarão
Que o PSD não é oposição
O que dizem é inventado
A arma de um desesperado


Resta saber o que vai dizer
Sem moral para o fazer
Do candidato da oposição
Que já o tratou...sem levar tostão

sábado, 21 de fevereiro de 2009

NO CARNAVAL...NINGUÉM LEVA A MAL

MENINO CARLINHOS RECEBE A VISITA DO PRESIDENTE NA ESCOLA PRIMÁRIA E COMO ESTAMOS NO CARNAVAL FEZ-LHE ESTA SURPRESA


Tu és muito parecido comigo
Poucas diferenças de fisionomia
Até vamos á missa ao Domingo
De mão dada com a nossa tia

Falta pouco para sermos iguais
E nada mais há a fazer
Era sermos filhos dos mesmos pais
Ou filhos da mesma mulher

Outra diferença acentuada
É nos carrinhos de brincar
A tua montada foi dada
E a minha…tive eu que a comprar

Mesmo assim estou muito contente
Com o meu carrinho azulão
Foi a prenda por ter tirado um dente
O teu foi dado por Portimão

Pensas que estou chateado?
Por empurrar o meu carrinho?
Pois, estás muito enganado
Consigo-o fazer sozinho

O teu BMW também é de cor
Mas não é de brincar
Nem pareces filho de Alvor
Porque lá…é preciso trabalhar

Peço-te um grande favor
Fá-lo com dedicação
Deixa-te de armar em Doutor
Vai mas é apanhar berbigão

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

SASHA - UM BAR DO OUTRO MUNDO-

Qual será o investimento no “Sasha” este ano?
Segundo consta o problema do barulho ainda não foi solucionado, apesar da forte aposta da câmara na doação de mais de 300.000,00 euros.


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

A MEMÓRIA DO CONVENTO

Mais umas fotos para recordar. Espera serenamente o desabamento. Infelizmente é assim, e como diz o velho ditado: Cada um tem o que merece.

CONVENTO S. FRANCISCO








quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

AS OBRAS DO REGIME PARTE l

OBRAS DO REGIME


O Parque da Alameda é um parque pago, e não se compreende que com tanta contrapartida, não se tivesse pedido mais dois pisos de pagamento grátis para as primeiras duas horas para efectuar compras no comércio tradicional. PS apresenta obra, mas não solucionam NADA. Parabéns Partido Socialista.


Este Pavilhão desportivo é utilizado para a prática desportiva, mas de Inverno chove lá dentro. É motivo de orgulho, pois nada fazem para o reparar...



No Auditório, foram avisados para não gastarem dinheiro desnecessariamente com esta cobertura, quando a intenção era precisamente acolher espectáculos musicais, incluído ópera. Nessa altura o preço foi de quase 500 mil contos (2.500.000,00 euros) para a cobertura e respectivo isolamento. De Inverno é um frio que até racha, sendo muitas vezes utilizados aquecedores a gás para climatizar o local. De Verão é um calor que não se aguenta. Esta é uma boa prova da má utilização de dinheiros públicos e uma obra de arte da Câmara Municipal de Portimão.




Este túnel é sem dúvida um exemplo daquilo que não deve ser feito. Totalmente desenquadrado com a faixa de rodagem da superfície e extremamente estreito, só o Partido Socialista é que poderia ter feito este tipo de obra. Parabéns, ficarão decerto colados a esta grande obra.


O ARRUMADOR

Fiquei estupefacto que a Câmara Municipal de Portimão tenha concedido 2 lugares de carga e descarga em frente a duas lojas, quando em dezenas de situações não tenha tido o mesmo procedimento, em alguns casos nem um simples lugar e em ruas bastante mais movimentadas. Por este caminho ainda vamos ter alguém com o Cognome do “arrumador”. Esperam-se bons ventos para Portimão. Bem hajam.



domingo, 15 de fevereiro de 2009

PARA RECORDAR PARTE l: O QUE FOI DITO EM 2005

MAIS DE MIL APOIARAM MANUEL DA LUZ EM 2005



20-06-2005

O PS apresentou a recandidatura de Manuel das Luz à Câmara Municipal de Portimão perante mais de mil pessoas. O líder da autarquia aproveitou para fazer um balanço do último mandato e traçou o rumo para o futuro, assente na ligação entre a cidade e do rio Arade.

Das estruturas do PS veio Pedro Silva Pereira, ministro da Presidência, mas a surpresa da noite acabou por ser João Moutinho, jovem futebolista do Sporting, que fez questão de entregar uma bola e uma camisola a Manuel da Luz, em sinal de apoio.

O actual presidente da autarquia portimonense preferiu resguardar-se entre os apoiantes e militantes socialistas e deixou as despesas da crítica à oposição para Isilda Gomes.

“Sabem o que disse Jaime Dias de João Amado num jornal local? Que se sentira traído pelo PSD e que não considerava Amado a pessoa certa para a cabeça de lista. Agora estão juntos… É a oposição que temos!”, sublinhou a vereadora socialista.

Manuel da Luz preferiu falar em “obra feita”, garantiu que a Câmara de Portimão goza de “muito boa” saúde económico-financeira e apontou o rio Arade como um dos elementos-chave para o desenvolvimento do concelho.

O autarca quer ver ampliado e requalificado o porto de cruzeiros, de forma a conseguir aumentar para 60 mil o número de visitantes que chegam através do mar. O desassoreamento do rio foi outra das prioridades apontadas.

Manuel da Luz apresentou ainda alguns projectos para as áreas da educação, requalificação urbana, estacionamentos e solidariedade.

40ª PROMESSA NÃO CUMPRIDA

CENTRO APOIO AO INVESTIDOR, GABINETE ESTUDOS E FUNDOS COMUNITÁRIOS


É só somar as promessas não cumpridas. Tudo o que se relaciona com o aspecto social, com a aproximação ás populações e com a preocupação do cidadão PORTIMONENSE é para ser tratado em segundo plano, mas no que concerne á imagem e aparecimento em revistas e jornais, lá está o Sr Manuel da Luz em destaque.

sábado, 14 de fevereiro de 2009

MAIS E MAIS CONSTRUÇÃO

A começar nas traseiras do Edifício da Portimar, preenchendo ainda o que falta construir até á entrada principal da Vila Rosa, mesmo na parte de baixo do Restaurante “Rodízio , irá nascer uma quantidade de prédios entre os 5 a 7 andares. Se calcularem o espaço existente, e uma densidade prevista, chegarão á conclusão que Portimão ficará totalmente afogada em construção. Traço o panorama actual em fotos para que haja uma visão mais correcta do assassinato urbano que está eminente. Tenho muita pena!
O QUE VOU DIZER AOS MEUS NETOS?














sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

SONDAGEM: BMW v EQUIPAMENTO OFTALMOLÓGICO

Na sondagem que tratava a opção de gastar 100.000,00 euros entre a aquisição de um carro BMW, ou um equipamento para tratamento da catarata (modelo Pascal), 75 % dos votantes disseram que sim ao equipamento oftalmológico, e 25 % concordaram com a compra do BMW.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

BIG FOOT

Depois de várias tentativas de resolver a situação, a câmara encetou no dia de ontem a colocação de pedra grossa (gravilha) misturada com cimento, em vez da já experimentada terra. As imagens que se apresentam tiveram como ponto pioneiro a Avenida S. João de Deus. Ao passar neste local verifiquei que não resulta, pois as covas continuam por lá. Lembrei-me da ideia de montar um “Stand” de carros “Big Foot” para enfrentar a nova geração de estradas que esta autarquia implementou em Portimão. A primeira apresentação vai ser feita no “Gipsy market” de Sábado dia 14-09 em Portimão em frente ao “Edifício Desafio”.


Deste PS tudo podemos esperar
A afirmação de grandes personalidades
Com dinheiro á fartura para gastar
O IMI a aumentar para sermos chulados


Esta cidade governada por estes mariolas
Onde só vejo prédios e construção
É a mim que me chamam de artolas
Por ainda viver em Portimão


Estamos falidos e acabados
Digo isto com grande certeza
Ou um dia são engavetados
Ou acabamos todos na pobreza


Quem assim fala não é parvalhão
E sabe do que está falando
Um ano de 2009 sem um tostão
E que a saúde não nos vá faltando


Portimonense meu pseudónimo
Cidadão atento e trabalhador
Vou continuar a ser anónimo
Para ser justo e prevaricador


Modelo eficaz para combater os buracos

Cimento e Pedra

Já vale a pena

OBRA ATRASADA

Esta obra teve inicio (segundo o cartaz) no dia 15-09-2008, tinha 3 meses para a sua conclusão, acabando no dia 15-12-2009. Quase sessenta dias depois do prazo acordado, ainda não acabaram a obra. Quem é o responsável e quais são as contrapartidas que o Concelho recebe no incumprimento de prazos?
ESTRADA DO "DTPU" (ENCOSTA DA MARINA)
(Click na Foto para aumentar)

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

UM SONETO ESPECIAL

A compra de apartamento em Portimão tem que ter estes cinco requisitos:
1- Varandas espaçosas para grandes estendais de roupa e futuramente colocar alumínio para fazer um quartinho para o menino
2- Possibilidade de assar sardinhas dentro dos apartamentos ou nas varandas, e dar a possibilidade do assador estar em tronco nu e com uma cerveja ao lado
3- Que haja melancia para a sobremesa
4- Que haja a possibilidade de tomar um cimbalino num café próximo e ocupar 3 mesas para a família, com 2 cafés e 8 copos de água.
5- Que seja trazido depois de ser servido o café, o copo de água da praxe, mas sempre da torneira e nunca de garrafa, e sempre em segundo pedido.


FARTO ESTENDAL COM O PASSARINHO NO MEIO

SARDINHADA NAS MARQUISES

MELANCIA MAIOR QUE A BEIÇOLA E PREVIAMENTE CAPADA, COMPRADA PELO ELEMENTO MAIS VELHO DA FAMÍLIA QUE DETÊM MAIOR EXPERIÊNCIA NO RAMO.

UM CIMBALINO EM CHÁVENA ESQUENTADA, MAS NÃO QUENTE, MOLHADA, PINGADA, PARA PODER RECLAMAR.

COPO DE ÁGUA DA REDE QUE NO CAFÉ PODE-SE BEBER



COM TODOS ESTES INGREDIENTES, NASCE UM SONETO


Nos dias de verão é uma confusão
Vem a mãe a cunhada a vizinha e a tia
Muita alegria, sardinhas café e melancia
Vão-se embora sem gastar um tostão

Estes novos proprietários da nação
Que passam fome na santa terrinha
Bebem copos de água por uma palhinha
São hoje os donos de Portimão

É preciso mesmo grande pachorra
A quem á frente e atrás traz uma mão
Para nós não sendo uma referência

Ás vezes é preciso dizer “porra”
Sempre pensando em Portimão
E não perdendo a paciência



CARTÃO DE VISITA

Quem entra na praia da Rocha encontra o cartão de visita em frente a esta carreira de bares. Buracos!
Esta rua está em mau estado desde sempre e ninguém se importa. As pessoas comentam o tratamento dado a esta rua e o tratamento dado ao nosso dinheiro para foguetórios e "Sashas". A nossa cidade está abandonada!
PRAIA DA ROCHA






ROCHA BEACH RESIDENCE

ANTIGO HOTEL DA ROCHA

VENDE ESTÚDIOS (T0)



ACTUAL

PROJECTO


ANTIGO



Afinal de contas a presença do Sr. Presidente Dr. Manuel da Luz e do vice-Presidente Sr. Dr. Luís Carito na altura da demolição do antigo Hotel da Rocha não teve o efeito esperado, pois aqui irá nascer um bloco de Apartamentos T0 ( estúdios) para venda, com rentabilidade garantida para 10 anos. É precisamente o que se passa em toda a Praia da Rocha. Passados esses 10 anos, aparecerão as tais placas a dizer: VENDE-SE ou ALUGA-SE. Pergunta-se: Onde está a nova vertente de alojamento e requalificação?


O mínimo preço de aquisição de um estúdio é de 280.000,00 euros.
Menino Carlinhos pretende ajudar a venda, mas para isso é melhor mudarem o País, pois parece que está á venda na Turquia.




O site é o : http://www.harbury-freer.com/pearl_rock_mc1.htm

OU

http://www.idealista.com/pagina/promocion?codigopromocion=000069761&secc_promo=datosbasicos

QUIOSQUE DO EMPREGO TEMPORÁRIO

Será que não há ninguém necessitado que possa utilizar este espaço da Câmara Municipal de Portimão?
Como estamos em maré de ideias, lanço o repto de montar ali um Centro de Oferta de Emprego. Chamar-lhe-ia Quiosque do Emprego. Existem muitos empregos temporários no nosso Concelho, muitas pessoas são chamadas ao Centro de Emprego, e vão exclusivamente para a área a que estão habilitados, pondo de parte outras áreas que eventualmente poderiam interessar. Não custa nada tentar. Chama-se a isto Intervenção na Área social.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

NÃO CUMPRIR NÃO É DIVERTIDO...


NÃO CUMPRIR NÃO É DIVERTIDO

Há uns bons anos atrás dizia-me um amigo meu, que Portimão estava muito bem governado. Este homem arrojado e idealista lutava por um Portimão mais justo, democrático e interactivo, sempre de objectivos claros e definidos, obviamente falava do Engenheiro Nuno Mergulhão.

Dizia eu na altura que o factor de ir em segundo de uma lista era sinónimo de muita responsabilidade.

Passados alguns anos verifico que tinha razão, quando a preocupação passa por dar importância aos "bloguistas", quando esta perda de tempo e de energias é concentrada em "blogues" que tratam matérias de desequilíbrio social e em alguns pontos retratam com ironia algumas figuras públicas, está tudo dito. Quando se esquece o essencial, que é a qualidade de vida do cidadão, possivelmente o nosso papel e a nossa missão é outra. Portimão está totalmente esburacada e pelos vistos isso não importa.
Quanto ao aspecto social, dizia-me esse meu amigo que isso só tinha importância de 4 em 4 anos, muito próximo das eleições.

Aqui fica registado uma dádiva, das pequenas coisas que qualquer pessoa poderia fazer, mas que pelos vistos esta autarquia não consegue, ou por falta de sinergia ou por falta de capital monetário, visto que de humano decerto não será. É um escândalo uma câmara como esta, que transpira riqueza e arma-se em dama rica e gastadeira, não consiga premiar os seus habitantes com um arranjo digno das suas vias, tapando buracos com terra em vez de os tapar com alcatrão. A todos os "bloguistas" foi-lhes pedido uma colaboração social em vez de criticarem. Por isso cá está a minha, quanto à matéria que tenta alcançar no fazer bem e ser útil à sociedade, ela é muito vasta para que aqui seja exposta, mas não contempla compromissos nem acertos futuros, mas sim sempre concentrada na qualidade de vida e no desinteresse que estes casos requerem. Um pesadelo?...
QUINTA DO RODRIGO